terça-feira, 3 de junho de 2008

Ontem disseram-me:

"A vida não está para os bons está para os espertos".

Sei que o que ela queria dizer, era que eu (e até ela) temos de deixar de ser boazinhas e começar a pensar mais em nós.
Mas não deixo de pensar que ela podia estar a dizer-me, indirectamente, que eu não sou lá muito esperta. AHAHAHHAHAHAHHA

Desde sempre me lembro de dizer que no dia em que eu comece a levar as coisas à séria vou deixar de ser criança e passar a ser velha (adulta). Sei que por vezes tenho atitudes menos próprias para a minha idade, não creio que sejam ridículas mas não são as mais correctas. Tenho medo de "crescer" e de passar a ver a vida assim à séria...

7 comentários:

joana disse...

Temos sempre uma criança dentro de nós e acho que isso é bom!

Beijo

Sandra disse...

Eu também por vezes tenho atitudes menos próprias para a minha idade, mas tal como tu tenho um certo receio de crescer, de envelhecer...sei lá, acho que no dia em que não andar a rir e a brincar vai ser o dia em que morri.
Beijocas

Mamã Pirata disse...

A vida não está para os bons está para os espertos"....Eu entendo em bom português que tens de deixar de ser "morcona" e ser mais firme com os outros que se aproveitam de ti.

Quanto a seres mais séria...a vida encarrega-se disso.

Bjs aos pimpos.

P.s-O "morcona" é sem ofensa,aqui fala-se assim.

Eu... disse...

Temos de ser assim, não podemos mesmo levar a vida tão a sério, pois ela é demasiado curta para não ser vivida com brincadeiras e com bondade no coração!

E amiga, espertos são os burros!

Um grande beijinho no teu coração que deve ser de ouro!
Cakuxa

Lilly disse...

por vezes é tão azeda que nem dá vontade de abrir a pestana...

tb sou assim agaiatada... e não me arrependo nada.

Ana & Vasquinho disse...

Todos temos atitudes menos próprias para a idade.

Concordo com esse 'ditado' e ele aplica-se a muitas situações.

Agora se se aplica a ti ou não, só tu tens que saber.

A mim já se aplicou muitas vezes, acredita, mas já deixei de ser 'parva'!

Bjocas grandes

Blog da Beatriz disse...

Mas é mto difícil deixar de ser "boba". O M. e eu sofremos com isso, já passamos por mtas coisas ruins tentando ajudar amigos que não deram valor depois.

Qto a se manter criança, acho que é uma forma de se proteger da maldade de algun "seres humanos".

Bjos para vc e para os seus Mais que Lindos!