segunda-feira, 2 de junho de 2008

31 de Maio e 1 de Junho

Desde que o Pimpo nasceu ainda não o tinha deixado dormir fora de casa. A minha Mãe andava desejosa de ficar com os dois então adocei-lhe a boca no dia 31/05. Aproveitei o facto de ir para o RiR para os deixar lá ficar.
Foi muito penoso para mim, sim porque lá porque é segundo filho o sofrimento é igual. E independentemente da Pimpa já ter 6 anos a verdade é que fico sempre tristinha quando não dorme em casa.
A parte engraçada disto foi o facto da minha Mãe me dizer "agora não estejas sempre a ligar-me que eu não te atendo. Vai e fica descansada". Está claro que coração de Mãe é mole e decidi ligar-lhe quando lá cheguei. Para "enganar" a minha Mãe fui com a minha irmã para uma das cabines da Vodafone, fartámo-nos de rir porque tínhamos acabado de chegar, eram mais ou menos 17h30m, e já estávamos a ligar. Liguei ainda para duas amigas minhas a fazer pirraça. Foi super giro!

No Dia da Criança, quando acordei já o S. tinha ido buscar os meninos. Fiquei super feliz quando os vi e eles a mim. Só visto, a cara que o Pimpo fez quando me viu...
Demos-lhes as prendinhas, sim porque damos sempre um miminho. Desta feita, oferecemos-lhes 2 livros a cada um deles. Amaram.
Da parte da tarde, eu e a Pimpa fizemos uma tarde de chocolate, a que demos o nome de Tarte do Dia das Crianças (enquanto que o Pimpo olhava para nós feitas cozinheiras). Ficou maravilhosa. A Pimpa moeu as bolachas na picadora, toda contente, depois disse logo que queria ser ela a bater as natas (a minha filha está uma cozinheira nata).
Depois de jantar deliciamo-nos com a tarte. Até o Pimpo andava doido pela sala e vinha a correr ter comigo para comer mais um bocadinho.

6 comentários:

Eu... disse...

Mamã galinha, eh eh eh, apesar de ainda não ser Mãe, tenho a nitida sensação que vou ser assim...

Que bela tarte, eu aqui em dieta e com água na boca!

Um grande beijinho aos três!
Cakuxa

Mamã Pirata disse...

Maravilha...
Todos felizes e em sintonia.

E a tarda?
Manda aí a receita...é sempre bom saber fazer algo assim bom.

Dieta? Alguem falou em dieta?

Llolol.
Bjs.

Margarida disse...

Aiiii, tanta alegria e felicidade nessa casa:D

AB disse...

Não haja duvida que mãe é mãe e o nosso amor pelos filhotes não tem peso nem medida. Eu era a mesma coisa com a minha filha quando esta era pequena e acho que vou ser a mesma coisa um dia que tenha netos. Uma mães galinhas, é isso que somos!

Blog da Beatriz disse...

Depois de tantos miminhos e tanta bagunça, os Pimpinhos vão querer dormir na casa da vovó todas as noites. Matar a saudade é tão bom!!!

Bjos para vc e para os seus Mais que Lindos (e Felizes!).

Ana & Vasquinho disse...

Somos todas assim, eu acho.
Protegemos as crias.

Ai que bela tarte, até eu a comia agora!

Bjinhos