terça-feira, 15 de julho de 2008

Eu, Eles e os Estranhos...

Considero-me uma pessoa minimamente simpática, desde que não falem muito comigo, pouco tempo depois de acordar ;0).
Falo a quem me fala, mas não sou muito dada às pessoas que conheço de vista e muito menos àquelas pessoas que quando vêem uma criança fazem festinha e afins…
É pá, não gosto e pronto! Sou Mãe Galinha, neste aspecto!

A minha filha desde pequena sabe que eu não gosto, nem tão pouco admito, confianças com pessoas estranhas. E mesmo assim, de vez em quando estica-se um bocado.

O meu filho é um bocadinho diferente dela, é um abre sorriso a tudo e todos. Não sei como é que vou descalçar esta bota, ele ainda é muito pequenino para perceber o que quer que seja e não há uma única pessoa que o veja na rua que não se meta com ele, ou por causa dos caracóis ou por ter sempre um grande sorriso na cara…

É claro que não sou tipo doida e paranóica que não deixo os meus filhos falarem com adultos, não é isso que quero dizer, simplesmente, não sei em quem confiar! Diz-se que quem é desconfiada não é fiel, mas eu sou fiel!, não gosto é de confianças.

Infelizmente é assim. A minha Mãe diz que eu estou a ficar velha, ahahhahah, mas tenho um medo que vocês não imaginam.

Acho até bonito quando a minha filha cumprimenta as pessoas que nos falam na rua (a minha Princesa sabe que o tem de fazer e que quando não o faz que reclamo).

Acho que tive uma educação muito bonita, sou educada, sou Amiga do meu Amigo, gosto de ouvir e aconselhar e gosto que me façam o mesmo, gosto de miminhos, não sou nem nunca serei perfeita, e no que diz respeito aos meus filhos sou um tanto ou quanto exigente, mas até me considero boa pessoa, inocente até, de tal maneira que as pessoas se aproveitam de mim (como vocês sabem pelo que conto)....
Tenho diversos valores que espero incutir aos meus filhos, e a Educação é uma delas!
Como reagem vocês aos Estranhos?

14 comentários:

Mamã Pirata disse...

Nem de proposito falas dum assunto que se passou cmg ontem.

Eu e meus 2 Piratas estavamos no Toys'r'us ,eu sou maluca por escavadoras e sonho ter uma ,entretanto um miudo praí cm uns 2/3 anos aproximou-se da mesma escavadora e pediu ao pai dele pra comprar.

Eu cm estava ali meti conversa cm o puto .Gostas?Queres uma igual?È mto bonita.

Acreditas que Mãe/Pai/Miúdo viraram costas e não me responderam?Eu estava acompanhada cm o meu filho ao colo e fui completamente ignorada.

OK! Eu tb tenho medo de desconhecidos mas tb n sejam exagerados.

Desculpa o longo comentario ,mas nem de proposito ontem aconteceu-me isso.

Graça disse...

Até à data não tive nenhuma má experiência :)

Gosto que se "metam" com a minha filha e que ela retribua. Adoro "meter-me" com as crinças, mas não sou maluca de passar um carrinho de bebe e começar a falar com ele ou com a mae.

Mas adoro, por exemplo, todos os colegas de creche da M. Assim que a vou buscar, muitos vêm ao meu encontro e fico tão feliz :) :) Meninos que têm menos de 2 anos e já me conhecem tão bem :) :)

Nesta questão, acho que somos um bocadinho diferentes :)

Bj ***********

Ana & Samantha disse...

Olha ,eu sou assim como tu.
Nao dou confianca aos que nao conheco e muito menos aqueles que vejo que se estao a esticar assim muito "po'depressa"

Mas gosto que de vez enquando,digam que a minha Sammy tem uns olhos bonitinhos,que e sorridente..etc...O que nao gosto foi de uma vez (por exemplo) um casal depois de umas quantas perguntas "normais" me perguntarem se ela dormia bem a noite e se fazia muitas birras.

Comecei logo a ficar com a paranoia.lool

Bjs

Maria Pereira disse...

Confesso que tb me faz alguma confissão essa situação, até pq o meu filho era muito giro em bebé (ma~e babada...) e as pessoas abordavam-nos na rua para se meterem com ele ou elogia-lo. Eu tentava sr educada mas sem dar muita confiança.

Noutro dia houve uma situação q me incomodou particularmente. Estava nas aulas de natação com o meu filho e um homem, que andava na pista do lado, começou a meter-se com ele, mas de forma insistente. O que vale é que ele n lhe deu muita saída (gosta mais de miúdas giras...) mas confeso que me incomodou.

Beijocas

Cláudia, Pimpo & Pimpa disse...

Mamã Pirata: Também não vamos exagerar. Que mal educados foram esses paizinhos.


Graça: Eu gosto que as pessoas se "metam" com os meus filhos, simplesmente acho que tem de haver limites.
E as pessoas que tu referes são as que lidam contigo e com a tua filha diariamente.

Mãe disse...

Eu lembro-me de passear o bebé no ovinho aqui pelo bairro, e de achar graça quando se metiam com ele.
Mas eu não tenho o hábito de me meter com os outros miúdos.
Ele agora franze o sobrolho e agarra-se a mim, ela é educada q.b., mas não dá conversa.
Beijocas!

kombi disse...

sou uma pessoa que não gosta de estar sózinha, talvez pq cresci sempre com pessoas em casa ( a minha mãe, a minha avó), por isso sou uma pessoa muito sociável faço amizades muito fáceis, agora mante-las é que é mais dificil pois tenho cá um feitio ( sou muito directa e sincera, e nem todas aspessoas gostam disso)

quanto ás minhas filhas, são crianças que fazem amizades facilmente, a onde vamos perguntam logo o nome ás outras crianças e brincam com elas como se as conhecesem há anos, qunato afalarem com adultos, não t~em esse hábito.

bjs

ana disse...

Eu sou assim um pouco como tu... há muita gente ue se mete com o Duarte, até pk ele é super simpático e começa logo a riri-se pa toda a gente... até gosto que me digam que é bonito e simpático... mas sem abusos do tipo de uma senhora que pegou nele... bem tirei.lho do colo com uma rapidez........ tá maluquinha ou que??? ou de uma velhota n sapataria que lhe deu um bjinho... fiquei incomodada... acho que há limites...

Bjs

Ana e Duarte

Lilly disse...

eu sou uma relaxada... e tenho 2 filhos como eu...

o pior é o marido... esse é assim como tu...depois resmunga comigo por eu ser uma fala barato!!!

Joana e Rodrigo disse...

Quanto ao acordar sou como tu, nem respondo a nada! Quanto ao resto segundo o pai desde que tenho o Rodrigo estou mais simpática! Tenho tido situações em que ele se mete com outras crianças e que os pais também metem conversa, mas não gosto que lhe toquem! Ele também risse para toda a gente, claro que tenho receio, mas não o largo! Nem 8 nem 80, claro que numa situação como a que aconteceu à mamã pirata, passava-me, isso é má educação!

Beijo

Maria José disse...

Bem eu dou conversa a toda a gente hehehh, sou uma tagarelas.
bjs

Márcia disse...

Eu falo muito e sorriu para toda a gente, a minha Sara tambem é como eu, sorri para qualquer um que se meta com ela. Já o meu marido é completamente o oposto.
Bj

Daniela disse...

A minha princesa mete-se á confiança com toda a gente eu não me importo desde que seja sempre á minha beira.
e eu tambem falo e brinco com outros meninos/as que se aproximam.

gosto de ver as crianças assim pequeninas a interagir.

beijinhos

Blog da Beatriz disse...

Tb sou um pouco desconfiada, qdo criança evitava falar com estranhos. Se, por exemplo, alguém me perguntava as horas na rua, respondia, mas logo saía de perto. Qto à Beatriz, ainda consigo andar com ela no sling. As pessoas mexem com ela, e tal, mas o sling intimida um pouco a aproximação.

Bjinhos grandes para vc e para os seus mais que Lindos